Variedade de temas marca segundo dia de palestras do Congresso Técnico Agrária Malte

21/07/2022


Nesta quarta-feira, 20, aconteceu o segundo dia de palestras do 13º Congresso Técnico Internacional Agrária Malte. Para receber o público que esteve no Centro Cultural Mathias Leh, a organização do evento preparou uma programação diversificada, falando de temas técnicos, segurança alimentar e desafios de mercado.

xPara abrir os trabalhos, Alírio Caldera, da Weyermann® Maltes, discutiu as metodologias de cálculo de cor e mosto da cerveja. Em seguida, Robert Fotheringham, da Lallemand®, fez uma síntese sobre a produção de Malt Whisky.

A tarde começou com a palestra do especialista da Agrária Malte, Alexander Schwarz, que destacou algumas técnicas exóticas de mostura. José Antunes, coordenador do Curso Técnico Cervejeiro do Colégio Imperatriz, e Marcelo Barga, da Bio4, abordaram um assunto que inspira cuidados no setor cervejeiro: a segurança alimentar e a qualidade.

Assim como na terça, o dia foi encerrado com uma mesa redonda. Desta vez, o impacto da legislação e da economia no mercado da cerveja pautaram a discussão. A conversa contou com a participação Rodrigo Veronese, da Cervejaria Leopoldina, Gustavo Assani, da Cervejaria Ravache, Fábio Violin, da Cervejaria Newage, Rogério Wohnrath, consultor de mercado, e Alexandre Karkle, responsável pela originação de grãos e gestão de risco da Cooperativa Agrária. Os efeitos da pandemia nas vendas, a crise no fornecimento de embalagens e as vendas digitais foram alguns dos temas debatidos.


Espaço para elas

Em sua 13ª edição, o Congresso Técnico Agrária Malte abriu espaço para uma atividade prática. Ontem, 12 cervejeiras, de diferentes regiões do Brasil, estiveram na Cervejaria Experimental da Agrária para produzir uma cerveja White IPA. A receita foi criada pela Mestre Cervejeira Ludmila Antoniazzi e leva em sua composição os mates pilsen e de trigo da Agrária.

Foram fabricados 250 litros da cerveja, que serão comercializados na Festa da Cevada, marcada para o mês de outubro, em Entre Rios. Todo valor arrecado com as vendas será revertido em produtos de higiene para mulheres em situação de vulnerabilidade. “Nosso objetivo era reunir essas mulheres brilhantes para promover uma troca de experiências, e, ao mesmo tempo, produzir algo que ajudasse outras mulheres”, explica Evelaine Viviurka Cebulski, coordenadora comercial do mercado de cerveja craft da Agrária Malte.

De acordo com a mestre cervejeira Lígia Marcondes, a realização da brassagem permitiu um intercâmbio de vivências entre mulheres que atuam em um ambiente ainda predominantemente masculino. “Pudemos conversar, falar sobre nossas alegrias, nossas dores. Foi um momento que dificilmente teríamos sem essa brassagem”, afirmou.

Para a cervejeira Bruna Tristão, encontrar com mulheres que são referência no setor e conhecer suas histórias serve como incentivo. “Estar em um local onde a maioria do público é masculino e poder conhecer essas mulheres fortes, que já lançaram cervejas muito reconhecidas pelo mercado, é algo muito inspirador”, disse.


Compartilhe esta publicação

Portal da Privacidade Desenvolvido por BRSIS
© 2018 - Agraria | Todos os direitos reservados.