notícias

10/10/2019 WinterShow 2019 discute importância da cultura do trigo

Ao lado do arroz e do milho ele é um dos cerais mais consumidos em todo mundo. E não é para menos: no pãozinho do café da manhã, no biscoito do lanche das crianças, na pizza do fim de semana com os amigos, e em muitas outras receitas, o trigo aparece com um dos ingredientes principais.

Além do aspecto comercial, o grão possui valor histórico para a Agrária, afinal foi um dos primeiros a ser cultivado pelos produtores do Distrito de Entre Rios, dando origem à industrialização da Cooperativa. “Há anos a FAPA trabalha com o moinho de trigo para desenvolver cultivares que atendam às especificações de nossos clientes. Assim, conseguimos produzir farinhas tipificadas, que atendem nichos de mercado como biscoitos, panetones, nutrição infantil e panificação industrial”, comenta Rudolf Gerber, coordenador industrial da Agrária Farinhas.

 

Embora possua relevância junto à indústria, o cultivo do cereal não é suficiente para suprir a demanda nacional. A CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento – estima que a safra 2019/2020 produzirá 5,4 milhões de toneladas de trigo, aquém das 11 milhões que são consumidas anualmente no Brasil. O Paraná é o maior produtor do país, respondendo por aproximadamente 50% do volume colhido. Apesar disso, nota-se uma diminuição do plantio na região centro-sul do estado. 

Assim, sobraram motivos para que o grão fosse escolhido como tema da atividade que abre o WinterShow 2019. O painel Trigo: sua importância e seus desafios acontece no dia 15 de outubro, a partir das 10h30. A conversa será conduzida pelo pesquisador da FAPA Juliano Almeida, e contará com a presença dos pesquisadores Claudio Kapp Junior, da Fundação ABC, e Vladirene Macedo Vieira, da Embrapa. “Vamos discutir o aspecto econômico do trigo, mostrando a vantagem de seu cultivo na propriedade a longo prazo. Isso não tem apenas a ver com lucro, mas também com proteção e conservação do solo, entre outros fatores”, esclarece Almeida.

 

Para o pesquisador Claudio Kapp Junior, como qualquer outra atividade agrícola, o cultivo de trigo possui riscos. Entretanto, um bom planejamento estratégico pode diminuir possíveis ameaças à lucratividade do produtor. “Acredito em frentes múltiplas para minimizar esse sentimento de risco. Atualmente existem ferramentas tecnológicas robustas que podem ser utilizadas para ajudar nestes fins”, salienta. Já a pesquisadora Vladirene Macedo Vieira ressalta a importância da cultura para o ciclo produtivo. “O trigo desempenha um papel estratégico, sendo a principal cultura de grãos de inverno no sul do país, com inúmeros benefícios agronômicos e econômicos onde está inserido”, diz.

Serviço

WinterShow 2019

Painel Trigo: sua importância e seus desafios

Data: 15/10/2019

Horário: 10h30

Local: FAPA, Colônia Vitória, Entre Rios – Guarapuava, PR 


Agraria Cooperativa Agrária Agroindustrial (42) 3625-8000 saca@agraria.com.br