notícias

09/07/2019 Cooperados aderem a projeto de adequação e financiamento de tanques de combustíveis

Em janeiro de 2019, a Agrária iniciou um projeto de adequação dos tanques de combustível nas propriedades de cooperados, de maneira que a Cooperativa oferece a assessoria técnica por meio do setor de Combustíveis, além da possibilidade de financiar o investimento. Ao todo, já procuraram o projeto 38 cooperados, dos quais nove foram concluídos, 23 estão em andamento e seis ainda não iniciaram.

Segundo o supervisor do setor de Combustíveis, Claudinei Pereira Costa, o projeto surgiu da necessidade, em algumas propriedades de cooperados, de adequar o tanque de combustíveis à legislação e às normas técnicas vigentes. “Nesse sentido, nós possuímos todo o conhecimento técnico necessário, e oferecemos essa assessoria para a elaboração do projeto segundo a realidade de cada propriedade. Inclusive de acordo com o que se pede no PAGR (Programa Agrária de Gestão Rural)”, destacou.

Os objetivos do projeto são a entrega de adequação ambiental, o atendimento a requisitos de segurança do trabalho e, principalmente, a manutenção da qualidade do diesel no período de armazenagem. O projeto é de livre adesão e se estende a todos os cooperados.

O processo começa com o diagnóstico, no qual, em conjunto com o cooperado, são definidas as melhorias a ser realizadas. Em seguida, é feito o orçamento da obra com fornecedor habilitado, e encaminhado para elaboração do contrato de financiamento. Após a aprovação e implantação, o financiamento é amortizado por meio de parcelas semestrais, de acordo com a geração de crédito de ICMS referente à aquisição de diesel no período.

Depoimentos

Na opinião do cooperado David Naiverth, a possibilidade de financiar o projeto por meio de ICMS é um grande incentivo para que os cooperados façam as adequações necessárias em suas propriedades. “Se não fosse essa facilidade, nós provavelmente não teríamos tomado a decisão de investir no tanque de combustíveis neste ano. Mas dessa forma se tornou barato, porque abate do crédito de ICMS,   que não é um valor tão significativo no orçamento, e em alguns anos o valor é totalmente amortizado”.

Segundo ele, os efeitos das melhorias são perceptíveis no dia a dia da fazenda. “Nós tínhamos muito problema com o armazenamento de óleo diesel e sujeira no combustível. Os filtros das máquinas tinham que ser trocados com muito menos horas do o normal. Em uma das máquinas tivemos gastos com a manutenção do motor, por causa de sujeira na bomba injetora. Então, com a adequação do tanque, além de estar tudo dentro das normas, teremos inclusive economia com manutenção”.

Para a cooperada Paloma Detlinger, a assessoria técnica oferecida pela equipe da Agrária foi fundamental. “O setor de Combustíveis nos auxiliou durante todo o projeto, desde o levantamento das adequações necessárias, até a parte orçamentária e a instalação do tanque. Desde a nossa decisão até a conclusão das adequações se passou em torno de um mês e meio”, afirmou.

De acordo com ela, a possibilidade de financiar o projeto através de ICMS foi crucial para realizar as melhorias, sem comprometer o orçamento. “Sem dúvida é um projeto muito interessante para a melhoria da qualidade do combustível nas fazendas, para ter maior controle na utilização e mais segurança no manuseio do diesel, assim como para tornar a nossa atividade cada vez mais ambientalmente correta”.

Como participar

Os cooperados que tiverem interesse em participar do projeto, e obter assessoria completa nos aspectos técnicos e financeiros das melhorias no local de armazenagem de combustível, podem entrar em contato com Claudinei, no setor de Combustíveis, pelo e-mail cpcosta@agraria.com.br, ou pelos telefones 42 3625-8302 e 9 9977-5160.

Ao programar uma visita de diagnóstico, o cooperado não está obrigado a aderir ao projeto. Da mesma forma, o cooperado pode tirar dúvidas a qualquer momento sem a necessidade de adesão ao financiamento.


Agraria Cooperativa Agrária Agroindustrial (42) 3625-8000 saca@agraria.com.br