notícias

21/12/2018 Foto Cooperativa premia melhores imagens sobre o cotidiano da Agrária

Por trás de toda foto, há uma interessante história. E os autores das mais bem avaliadas do concurso Foto Cooperativa 2018 contaram as suas durante a cerimônia de entrega dos prêmios, realizada no último dia 19, no prédio administrativo da Agrária.

Para a edição desse ano, foram 148 imagens concorrentes, enviadas por 71 participantes. Um júri composto pelos fotógrafos profissionais Karina Kaneko, Edno Pilonetto e Jeison Primak definiu os vencedores, por meio de três critérios: composição, estética e criatividade.

“Teve fotos em que eu disse: nossa, me inspirei!”, elogiou o fotógrafo profissional Jeison Primak. E não é para menos: a única obrigatoriedade em relação às imagens era que tivessem relação com o cotidiano da Cooperativa Agrária e entidades mantidas, seus cooperados e colaboradores.

O objetivo, com isso, é engajar o público-alvo, desenvolvendo o sentimento de pertencimento, bem como um olhar cada vez mais holístico em relação às atividades da cooperativa. E as histórias por trás das fotos vencedoras retratam o quanto o concurso tem sido bem-sucedido nesse sentido.

“A grade estava estragada e meu marido e filhos já estavam estressados. Mesmo assim, pedi para fazerem a pose, pois me parecia um momento bonito. Felizmente (por ser contra o sol), não apareceu a expressão de cansaço no rosto deles”, divertiu-se Martina. “Eu estava indo tirar foto da lua, mas quando olhei pelo retrovisor do carro, percebi o por do sol, com aquelas cores lindas. Foi a única imagem que consegui aproveitar daquele momento, as outras já não ficaram boas”, frisou Ronny.

Além de receber suas fotos ampliadas e emolduradas, os vencedores foram agraciados por um drone, para o primeiro lugar, uma câmera compacta à prova d’água e de impacto, para o segundo, além de uma câmera de ação para o terceiro lugar.

Trata-se de estímulos, com o intuito de oportunizar imagens cada vez mais interessantes e, principalmente, criativas sobre o dia a dia tão diversificado quanto o da Cooperativa Agrária. 


Confira a classificação final:

Categoria Foto Cooperativa - Cooperados

1º Lugar: Martina Weicher Rovani

2º Lugar: Ricardo Marath

3º Lugar: Lisa Laubert Filip

Categoria Foto Cooperativa - Colaboradores

1º Lugar: Ronny Gärtner


2º Lugar: Carla Correia

3º Lugar: Gabriel Carneiro Riquierme

Avaliação dos jurados:

Edno Pilonetto 

“A fotografia nunca esteve tanto em evidência quanto atualmente, seja pelas redes sociais, pelo acesso à tecnologia dos celulares, e isso agrega à paixão que as pessoas têm pela fotografia. As pessoas vivem as fotos todos os dias. Vi muitas composições boas entre as concorrentes”.

Jeison Primak

“A gente viu várias pessoas com talento que, se lapidar, têm futuro. Tem fotografias que eu disse: nossa, me inspirei! Esse é o segundo ano no qual participo como jurado e senti uma boa evolução”.

Karina Kaneko

“Para a cooperativa é interessante também, pois mostra a rotina e, às vezes, as pessoas não percebem a beleza que tem a sua volta. Por conta do concurso, elas acabam parando por um segundo para fotografa. E isso incentiva o olhar crítico”.

Três dicas dos profissionais para melhorar cada vez mais suas fotografias:

·         Limpe ao máximo os detalhes: evite informações desnecessárias, como partes de carro, objetos jogados ou fios de luz. Alguns passos para frente ou para trás podem fazer a diferença. 

·         Explore ao máximo as possibilidades, tente novos ângulos; e, principalmente, não pare na primeira foto. 

·         Defina o que enquadrar: a fotografia se vê em camadas, por isso é importante verificar o que está em primeiro plano, ou em segundo, para decidir o que deve ganhar mais destaque.


Agraria Cooperativa Agrária Agroindustrial (42) 3625-8000 saca@agraria.com.br