notícias

20/12/2018 Cooperados e familiares escolhem nome de nova cultivar de cevada

Após anos de pesquisa, avaliações e seleções, a FAPA (Fundação de Pesquisa Agropecuária), por meio do pesquisador Noemir Antoniazzi, desenvolveu uma nova variedade de cevada forrageira, com a finalidade de produção de grãos para ração animal. A fim de batizá-la de forma democrática, o departamento de marketing da Agrária realizou pesquisa com os cooperados e familiares, entre os dias 4 e 6 de dezembro, e sorteou uma cesta com brindes entre os participantes.

O cooperado contemplado foi Norbert Geier, durante a Reunião de Abertura de Reservas de Inverno 2019, realizada no dia 14 de dezembro, no Centro Cultural Mathias Leh. O filho Marcos Geier representou o pai e recebeu o prêmio.

A ideia era atribuir um nome feminino à cultivar. Com 47,19% dos votos, o nome “Donau” (em alemão, o rio Danúbio é precedido de artigo feminino), teve a preferência dos cooperados e passará a ser o nome da cevada forrageira – após passar por processo de registro no Ministério da Agricultura. As outras opções mais votadas, nessa ordem, foram: Sissi (abreviação de Elisabeth, imperatriz da Áustria), Kleine (“pequena”, em alemão, pela relação com o porte baixo da cultivar) e Resi (abreviação de Maria Theresia, imperatriz do antigo império Austro-Húngaro).

A primeira cultivar de cevada cervejeira, oriunda exclusivamente do programa de melhoramento próprio da FAPA, já havia sido encaminhada para registro junto ao MAPA em final de outubro, sob o nome de Imperatriz – escolhido pela Diretoria da Agrária e que presta uma homenagem aos 50 anos do Colégio Imperatriz Dona Leopoldina.

O lançamento oficial das duas novas variedade será realizado durante o WinterShow 2019.


Agraria Cooperativa Agrária Agroindustrial (42) 3625-8000 saca@agraria.com.br